MUITOS DE NÓS TEMOS A IDEIA DE QUE A MEDITAÇÃO É ALGO COMPLEXO E DIFÍCIL. NADA PODIA ESTAR MAIS ERRADO!

A meditação é simples, não precisa de posições complicadas, de pernas cruzadas como às vezes vemos nas imagens.

A meditação é uma perícia, uma habilidade que se ganha e, como tal, exige duas coisas: disciplina e concentração.

Já viu, com certeza, alguém jogar ténis. Essa pessoa necessitou de disciplina ou seja, praticar regularmente, e de concentração, ou seja, de se focar, quer nas regras do jogo, quer na sua desenvoltura física necessária para jogar.

Tal como alguém que joga ténis, pode jogar porque, simplesmente, gosta; pode jogar porque convive com amigos ou pode jogar porque quer ser campeão da modalidade.

Dependendo do seu objetivo, a pessoa necessita de praticar mais ou menos tempo o jogo do ténis, precisa de ter mais ou menos disciplina, concentração e foco.

Na meditação é igual.

Se realmente está empenhado em conquistar a sua mente, em criar silêncio mental, então necessita de praticar diariamente meditação.

Durante quanto tempo?

Comece como 5 minutos diários e vá alongando esse período. Vai ver que ao fim de uma semana, começando a sentir e a ver os resultados que podem ser desde se sentir mais focado, mais calmo, não se envolver tanto com os conflitos do outro, dormir melhor e o sono ter maior qualidade, a muitos outros, vai mesmo querer fazer da meditação uma prática diária.

Comece hoje mesmo.

Sente-se num local confortável, música suave, sem interferências, feche os olhos e concentre-se na sua respiração. Sempre que a mente queira contar-lhe uma história, simplesmente traga-a de volta à respiração. Mantenha esta concentração durante 5 minutos. Findo este período, suavemente abra os olhos e espreguice-se!

Ao início é mais fácil e agradável fazer meditação guiada.

Neste momento pode aceder a centenas de meditações originais no meu canal de YouTube.

Se preferir fazer em direto comigo, segundas-feiras às 7:30 da manhã na minha página de Facebook Ana Rita Bandeira de Melo Coach e Terapias.